Close

Aleatórias de 2ª – João Paulo II é a prova viva da incompetência de todos os governadores de Rondônia dos últimos 30 anos

Saindo na frente

O pré-candidato a prefeito de Porto Velho pelo DEM, Fabrício Jurado, lançou nesta segunda-feira seu website de campanha, onde apresenta sua plataforma de governo em cinco pontos e canais para comunicar com os eleitores. Para conhecer, é só acessar https://www.fabriciojurado.com.br.

Mais do mesmo

Nesta segunda-feira o deputado federal Léo Moraes (Podemos) fez uma visita surpresa ao Hospital João Paulo II, onde constatou, in loco (e transmitiu ao vivo) as condições miseráveis a que estão expostos os usuários do sistema de saúde público em Rondônia. Em plena pandemia provocada pelo novo coronavírus, pacientes deitados no chão dos corredores, lado a lado, dividindo o espaço enquanto esperam pelo milagre de sobreviver à doença que os levou até ali e escapar sem ser contaminado pelo coronavírus, o que é praticamente impossível.

Bom lembrar

Que esse problema crônico parece não ser solucionado de propósito. Não é possível que desde o governo de Valdir Raupp, passando por Bianco, oito anos de Ivo Cassol, oito anos de Confúcio Moura (que chegou a dar um show no primeiro mês de mandato convocando inclusive o Jornal Nacional) e um ano e meio de Marcos Rocha o João Paulo continue na pauta. É muita incompetência, má vontade, falta de vergonha na cara mesmo que essa ainda seja uma realidade em Porto Velho.

Todos eles

Todos esses governadores juntos, com suas respectivas bancadas do Legislativo Estadual (de onde nunca podemos esperar grande coisa) não consigam construir um hospital decente, com leitos clínicos e atendimento humanizado. Só me resta lamentar a situação vexatória, humilhante mesmo, a qual são expostos pacientes e familiares diariamente em Rondônia. Essa situação é criminosa. Enquanto isso, o secretário de saúde, que ganhou uma hepatite medicamentosa por sua incompetência até mesmo em se medicar, segue prostrado em casa dizendo que ‘está orando pela recuperação dos doentes’’. Tenha santa paciência. Quem não viu as imagens, PODE CLICAR AQUI para conferir.

Desde 1990

O Hospital de Pronto Socorro João Paulo II foi inaugurado em 1984 para atender os funcionários da Eletronorte, encarregados da construção da usina hidrelétrica de Samuel. Em 1989 foi vendido ao Estado e, após ser reformado, foi entregue à população em 1990, quando a população de Porto Velho era de pouco mais de 287 mil habitantes. Atualmente, apenas na capital a população é estimada em pouco mais de 519 mil habitantes, e o João Paulo, apesar de algumas reformas bem ao estilo politiqueiro, com uma pintura aqui, uma fachada nova ali, continua o mesmo. Ao longo de 30 anos, sucessivos governadores não tiveram a capacidade de construir um hospital novo, que encerrasse o ciclo miserável do João Paulo II, que continua sendo um símbolo da incompetência administrativa em Rondônia.

Transferido

O ex-presidente do CREA-RO, Nélio Alencar conseguiu ser transferido na sexta-feira para São Paulo, após a família conseguir ajuda de amigos. Eles agradecem a todos que deram essa força. Nélio foi levado em estado gravíssimo para a capital paulista.

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
280
Share
scroll to top