Envie para seus amigos

Última transação foi de R$ 400 mil, pagos em espécie e os animais foram colocados no nome da esposa

Um secretário do governador Marcos Rocha está comprando gado nas cercanias de Porto Velho e pagando em dinheiro vivo. A última compra feita por ele foi no valor de R$ 400 mil, pagos em espécie. E não foi a primeira, outras já foram feitas recentemente.

O secretário tem colocado os animais em nome de sua esposa, e registrando na Idaron. As Guias de Transporte de Animais (GTA) tem saído em nome dela, ou seja, estão ocultando patrimônio.

Caso a Polícia Civil ou o Ministério Público decidam agir, basta me mandar um email que encaminho o nome completo do casal.

([email protected]) se for polícia, com nome e número da identificação e se for do MP, pode ser através da assessoria de imprensa.

*Atualização – Menos de 20 minutos após a publicação da nota, o Ministério Público entrou em contato solicitando as informações, que foram repassadas. Deverá ser aberto um procedimento apuratório para descobrir a origem dos recursos usados na compra dos animais.

blogpainel

blogpainel

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

4 thoughts on “Alô Ministério Público e polícia, tem secretário do Marcos Rocha comprando gado com dinheiro vivo

  1. Ta complicado mesmo essa falta de controle no Governo Marcos Rocha, entrou dizendo que estava fazendo econômia de gastos. Agora pra que? só muda os cachorros a coleira e mesma.

  2. 1 não mais 2! Só pesquisarem certinho que encontram, e quem sabe esse secretário(a) nao tenha um irmão que também esteja fazendo isso?! Fica a dica!

  3. Caro Alan Alex, não seria possível, de sua parte, fazer a denúncia direto no MP?
    Infelizmente muitas vezes isso passa “desapercebido”, é necessário alguém mexer.

  4. ALAN, NAO SERIA O CASO DE ENCAMINHAR ESSA DENUNCIA A POLICIA FEDERAL, AFINAL ESSES RECURSOS QUE ESTAO SENDO ROUBADO SÃO VERBAS FEDERAIS. E CASO DE PRISÃO IMEDIATA, TEMOS UM CRIME CONTINUADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *