BB e Sicoob cobram calote de Tiziu e esposa; se eleito, bancos podem pedir penhora de salários

Envie para seus amigos

Essa semana o BLOG revelou que o candidato à prefeito em Ariquemes, Lucas Follador está sendo cobrado judicialmente por cheques sem fundo que ele repassou para a compra de uma piscina. A dívida chega a pouco mais de R$ 50 mil.

Outro que também está sendo acionado judicialmente é o também candidato à prefeito Tiziu Jidalias, por suas instituições bancárias. Uma das ações foi movida pelo Banco do Brasil, que quer receber R$ 251.297,07, referente a um financiamento feito em 2016. O processo é o 7005163-80.2019.8.22.0002.

Em outra ação, dessa vez movida pelo SICOOB, a cooperativa cobra de Tiziu Jidalias e sua esposa, R$ 425.497,19. Em 2016 Tiziu pegou um empréstimo no valor de R$ 512 mil. Não pagou e pediu para renegociar. Após as negociações, a dívida caiu para R$ 425.497,19 que ele também não pagou.

Por conta disso, o banco penhorou e deve levar a leilão cinco imóveis que estão em nome de Tiziu e esposa.

Caso os valores não sejam pagos, os bancos podem pedir penhora do salário de prefeito de Tiziu Jidalias, se porventura ele consiga ser eleito. O processo é o 7010681-22.2017.8.22.0002.

A vida em Ariquemes não anda nada fácil para alguns candidatos…

1 comentário em “BB e Sicoob cobram calote de Tiziu e esposa; se eleito, bancos podem pedir penhora de salários”

Deixe um comentário