fbpx

Campanha de Breno ganha volume e assusta adversários que recorrem à justiça

Envie para seus amigos

A campanha do candidato à prefeitura de Porto Velho, Dr. Breno Mendes intensificou o volume nas ruas, os adversários assustaram e ingressaram na Justiça Eleitoral alegando “utilização de propaganda fixa”.

A coordenação da campanha de Mendes instalou bandeiras ao longo da Avenida Jorge Teixeira na última quarta-feira, o que causou impacto visual. A coligação encabeçada pela vereadora Cristiane Lopes, candidata à prefeita, ingressou na justiça e conseguiu liminar para retirada do material. O juiz explicou que a poluição visual seria muito grande, se todos os candidatos resolvessem usar o canteiro para divulgação.

Falando em Cristiane Lopes

Ela deu uma ensaiada em ser feminista e segue sem rumo em sua campanha. O maior problema é que ela é vereadora, eleita em 2016 junto com Hildon Chaves e nunca se colocou como oposição, ou mesmo crítica à gestão. Na campanha fica difícil querer construir uma personagem que não encontra empatia junto ao eleitorado.

Ibope em suspeição

Apesar de ser referência em pesquisas eleitorais por conta de durante décadas ter sido usado para interferir no processo eleitoral brasileiro, o Ibope continua em busca de acertar resultados em Porto Velho. E faz tempo que ele não certa por essas bandas, que o diga Hildon Chaves que em 2016 era apontado como um dos últimos colocados nas pesquisas divulgadas pelo Instituto ligado à Rede Globo. Os números das duas últimas sondagens estão sendo vistas com desconfiança pela população. Menos por Hildon Chaves, que milagrosamente se tornou o maior defensor do Ibope…

Eu nem deveria rir disso

A assessoria da Energisa divulgou uma ‘pesquisa independente’ que mostra 78% de satisfação dos rondonienses com a empresa. Realmente, é cada vez mais difícil acreditar em sondagens de opinião que são divulgadas…

E a lebre vai escapando

A Assembleia Legislativa já deveria ter afastado o deputado Lebrão sumariamente. Ele que entrasse na justiça para voltar ao cargo. Lebrão foi filmado recebendo propina e guardando dinheiro em uma sacola de supermercado. Não há o que se discutir sobre isso, é um fato. O que ele precisa é comprovar se o dinheiro é lícito ou não, mas enquanto isso não acontece, ele não tem estatura moral para permanecer na função. Tem que cassar essa lebre e dar exemplo. Essa complacência está manchando o legislativo, que até vinha recompondo sua imagem, mas depois dessa…

Deixe um comentário