Candidata do SD que teve 480 votos em 2018 recebeu R$ 240 mil do Fundo Partidário em Rondônia

Envie para seus amigos

A técnica de enfermagem Vera Paiva foi candidata a deputada estadual em 2018 pela coligação Juntos por um Novo Tempo, que agregava PP / PTB / PR / SOLIDARIEDADE. Ela disputou pelo Solidariedade.

Em 2018 a legenda lançou três nomes para concorrer as 24 vagas da Assembleia Legislativa, além de Vera, também foram candidatos Marcos Motos e Ex-prefeito Dico.

Marcos teve 1.352 votos. Dico  8.563.

Mas agora é que fica interessante.

Ex-prefeito Dico não recebeu nenhum centavo do fundo eleitoral do Solidariedade. Ele declarou ter gasto em sua campanha R$ 58.977,00. Cada voto de Dico custou R$ 6,88.

Ex-prefeito Dico

Marcos Moto também não recebeu nada da legenda, e gastou R$3.500,00 na campanha, com resultado de 1.352 votos. Cada voto saiu por R$ 2,58.

Marcos Motos

Vera Paiva declarou ter gasto R$ 246 mil na campanha, e recebeu do Fundo Eleitoral R$ 240 mil, com 480 votos. Ou seja, cada voto de Vera custou exatos R$ 500.

A estranha lógica da distribuição de recursos do Solidariedade é bizarra né? Porque o partido não investiu em candidaturas que realmente teriam chances reais de vencer?

Só para constar, o Solidariedade não é bom de matemática não. Em março deste ano o partido teve as contas das eleições de 2018 reprovadas. Tá na hora da legenda contratar um novo contador. E um tesoureiro mais inteligente também.

Deixe um comentário