fbpx

Chamado de ‘cafajeste e delinquente’, governador de Rondônia deveria processar Augusto Nunes

Sempre afoito em jogar pedra nos outros, Augusto Nunes já condenou Marcos Rocha e todo o governo de Rondônia à prisão, de preferência que a chave seja jogada fora.

O moralista, que faz vista grossa a toda bandalheira do governo de Jair Bolsonaro, achou um bode para destilar seu veneno e xenofobia. Nesta quarta-feira, chamando o coronavírus de ‘vírus chinês’, emendou acusando o governador de ser ‘delinquente’ e que ele estaria ‘percorrendo a trilha da bandidagem’.

O festival de acusações decorre de uma investigação aberta pelo Ministério Público do Estado (ainda em fase inicial de apuração) sobre um possível superdimensionamento no número de vagas de UTI na rede estadual. De quebra, Nunes ainda chama o governador de ‘cafajeste’ e acusa de desviar ‘8.805 doses de vacina contra a COVID enviadas pelo governo federal’.

Se Marcos Rocha tiver um décimo da valentia que diz ter por ter sido militar, entraria com processos cíveis e criminais contra Augusto Nunes. É o mínimo que se espera de alguém que se diz ‘incorruptível’ e acima de qualquer suspeita.

Deixe um comentário

Total
2
Share