Close

Comando autoriza PMs a não usar túnel de descontaminação obrigatório montado na Central de Polícia

Uso do túnel é obrigatório para evitar propagação do coronavírus

Foi instalado um túnel de descontaminação na Central de Flagrantes em Porto Velho, de uso obrigatório, para evitar a propagação do coronavírus e a contaminação de servidores, agentes e detidos.

+ de 4 mil ouvintes. Confira nosso podcast

O uso do túnel é obrigatório, inclusive consta um aviso logo antes dele, conforme mostra a delegada neste vídeo, feito para explicar como funciona. Não se assuste com o local onde o túnel está instalado, não é um galpão abandonado nem um velho depósito, é a entrada da Central de Flagrantes em Rondônia mesmo:

Ocorre que, apesar da obrigatoriedade, o Centro Integrado de Operações (CIOP), que é a central onde os policiais militares se reportam, informou, via rádio que a passagem pelo túnel não é obrigatória, conforme gravações obtidas por Painel Político, encaminhadas por policiais preocupados com a doença. Ouça abaixo:

Como se percebe, o CIOP informa que “não é obrigatório porque algum policial pode ter alergia ao produto”. Pois é…fica a dúvida, melhor uma coceira ou uma temporada na UTI?

LEIA+
Associação Acreditar, do ex-assessor de Marcelo Cruz, recebeu em 2018, R$ 300 mil da prefeitura para " fomentar a sustentabilidade ambiental" e R$ 345 mil em 2019 da SEAS

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

9 Comments

  1. “melhor uma coceira ou uma temporada na UTI?”

    Quer dizer então, que se passar nesse túnel, a pessoa não será contaminada? Então acharam a vacina?

    É o que concluo diante de tal pergunta!!

    1. Sim, proíbe e não dá solução, se um deles estiver carregando o vírus então por capricho pode contaminar outras pessoas, nossa direção, tome providências! Desinfecção ou desinfeta lá pra fora nem entra.

      1. Vai pesquisar, estudar e veras que não tem nenhuma base científica definfecçao de pessoas por produtos desinfectantes, verá que Anvisa fala que este produtos é para objetos e não pessoas.

    2. Nota emitida pelo CFQ – Conselho Federal de Química:
      A respeito de notícias sobre a instalação de equipamentos, em vias públicas, supostamente destinados a eliminar cargas virais, entre elas a de Covid-19, que as pessoas teriam em suas roupas, notadamente aquelas que acabaram de utilizar transporte público, o Sistema CFQ/CRQs e a Associação Brasileira de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes (ABIPLA) esclarecem que:

      Não há estudos científicos que comprovem a eficácia do uso desse tipo de desinfecção ou de higienização para eliminar microrganismos que eventualmente possam estar depositados em roupas.
      Segundo reforça a Nota Técnica nº 34/2020, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), “em relação ao uso de sistemas de desinfecção por meio de um túnel onde são pulverizados produtos desinfetantes diretamente sobre as pessoas, não existe nenhuma comprovação de que esta medida seja efetiva contra a pandemia de coronavírus. Não existe literatura científica nem recomendação de organismos internacionais, como a Organização Mundial da Saúde sobre esta prática”. Tais sistemas submetem desnecessariamente as pessoas aos efeitos adversos dos produtos aplicados, completa a nota.
      Nenhum desinfetante deve ser utilizado para a descontaminação de pessoas, pois esses produtos não são considerados antissépticos de uso tópico. Desinfetantes são produtos químicos tecnicamente classificados como saneantes e, como tal, devem ser aplicados exclusivamente sobre superfícies inanimadas.
      Pelo que eu entendi a PMRO está certíssima.

    3. Polícia civil de Rondônia tem que ser estudada kkk. Já não atendem mais a população nas delegacias e agora querem jogar desinfetante na cara dos Policiais Militares que continuam trabalhando normalmente.

  2. Sim, proíbe e não dá solução, se um deles estiver carregando o vírus então por capricho pode contaminar outras pessoas, nossa direção, tome providências! Desinfecção ou desinfeta lá pra fora nem entra.

  3. Primeiro que, quaternario de amônio é utilizado para desinfecção de utensílios, pisos paredes e objetos e instrumentos hospitalares. E para sua eficácia o produto deve ficar em contato com a superfície por no mínimo 5 minutos. Segundo, o simples fato de não ser agressivo ao ser humano não quer dizer que possa ser usado diretamente na pele. Na verdade é para a desinfecção do vestuário adequado ao entrar e ao sair de ambientes onde haja preocupação em diminuir ou reduzir possível risco de contaminação por agentes patogênicos. O uso não é assim não, estã equivocados.

  4. Bac Plus é um desinfetante concentrado de primeiríssima linha, com altíssima diluição. Desinfetante desenvolvido exclusivamente para utilização hospitalar e em estabelecimentos relacionados com o atendimento à saúde. Destinado a desinfecção de pisos, paredes, mobiliários e superfícies fixas em geral. NIPPO BAC PLUS possui eficácia comprovada frente às cepas de: Pseudômonas aeruginosa, Staphylococcus aureus e Salmonella choleraesuis. Atende todas as áreas hospitalares, exceto SND.

  5. Por que ninguém questionou quando instalaram um túnel no CEMETROM que utiliza o mesmo produto, inclusive com o vídeo do secretário utilizando o aparelho? (segue o link abaixo):
    https://g1.globo.com/ro/rondonia/noticia/2020/04/30/coronavirus-tunel-para-desinfeccao-de-profissionais-da-saude-sera-instalado-no-cemetron-em-porto-velho.ghtml

    Senhores ante de criticar busquem entender para que o aparelho foi instalado, e se não sabem vou falar. Foi instalado para desinfectar as vestes, sapatos, e demais objetos e vestimentas das pessoas que tem acesso ao local. O contato com a pele desse produto é menos lesivo que o álcool 70%.

    O referido produto também possui nota técnica e não proíbe o contato com a pele. Outra questão é que por se tratar de um produto químico, possui recomendações, especificações, contraindicações, e possíveis reações em contato com a pele, assim como consta numa simples caixa de sabão em pó e outros produtos, inclusive numa bula de remédio.

    Vários Estados, países utilizam esse método de desinfeção, inclusive com esse produto.

    Até o momento várias pessoas utilizaram o referido túnel de desinfecção, e ninguém passou mal ou teve alguma reação alérgica.

    A empresa que vendeu o referido aparelho também vendeu a outras instituições públicas e privadas.

    Até agora não vi nenhuma nota técnica contraindicando o túnel instalado no CEMETRON.

    É muito fácil criticar sem conhecimento.

    Polícia Militar, é Polícia Administrativa, ostensiva, preventiva, e sua atribuição em nada se confunde com a da Polícia Civil que é a Polícia Judiciária, investigativa e repressiva.

    Comparando-as veremos uma disparidade enorme, começando pelo efetivo, e investimento.

    Repito! é muito fácil criticar sem conhecimento.

    Nota-se muitos policiais militares criticando a polícia civil, entretanto, quando vemos concurso para a polícia civil, o que mais tem é policial militar se inscrevendo, entretanto não vemos o inverso. por que será?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 Comments
Total
1
Share
scroll to top