fbpx

Em Jaru, vereadores acusam secretário de pressionar comissionados mas protestos parecem “conversas de comadres”; veja

A sessão da Câmara municipal de Jaru (300 km de Porto Velho) desta semana foi marcada por uma série de acusações por parte dos vereadores contra um secretário da atual administração, comandada por João Gonçalves. Os vereadores se queixaram que a pressão seria para favorecer também um candidato à vereador.

Mas, os protestos pareciam “conversa de comadres. Nenhum dos vereadores disse claramente quem eram os beneficiados, ou quem pressionou quem. Os discursos, cheios de bravatas e inflamados se reduziam a ameaças do tipo, “eu vou falar o nome dele aqui”, ou “ele sabe quem é”.

Veja o vídeo:

Deixe um comentário

Total
5
Share