fbpx

Facções criminosas dominam residenciais populares em Porto Velho impondo terror; vídeo

Envie para seus amigos

O que era um sonho para muitos, se transformou em um verdadeiro pesadelo, que parece não ter fim. Os residenciais populares, construídos pelo governo em Porto Velho, se transformaram em verdadeiros covis de marginais.

Dominados por facções criminosas que recrutam seus ‘soldados’, cada vez mais jovens no sistema prisional, os residenciais se tornaram locais extremamente perigosos, e essas facções dominam tudo. A total ausência de políticas públicas para a juventude, favorecem que os adolescentes sejam cooptados pelo crime.

Um desses exemplos é o Orgulho do Madeira, um conglomerado onde residem cerca de 12 mil pessoas na periferia da capital de Rondônia.

Vídeos com jovens que residem no local, portando armas, bebidas e drogas circulam em grupos de WhatsApp. Outros com imagens de decapitações, espancamentos e punições do ‘tribunal do crime’ também se tornaram comuns em Porto Velho (RO), Manaus (AM) e Rio Branco (AC) e os governos simplesmente ignoram a situação ou realizam operações policiais, que são tão eficazes quanto enxugar gelo, já que os criminosos são recolhidos a noite e colocados em liberdade dali a alguns dias, e o ciclo se repete. Veja algumas imagens que passaram a circular nesta semana:

Deixe um comentário