Governo de Rondônia escondeu hospital com 52 leitos para justificar compra do Regina Pacis

Envie para seus amigos

O deputado federal Léo Moraes, líder do Podemos no Congresso, denunciou na noite desta quinta-feira que o governo de Rondônia escondeu um hospital completo no bairro Mariana em Porto Velho com 52 leitos, farmácia completa, equipamentos de proteção individual que nunca foi usado.

O parlamentar gravou um vídeo no local, mostrando o hospital. Para o deputado o governo escondeu propositalmente o hospital para justificar a compra da maternidade Regina Pacis, por R$ 12 milhões. O Regina Pacis foi entregue ontem, após mais de 60 dias de reformas.

O local encontrado pelo deputado foi reformado e ampliado com ajuda de empresas. O prédio está fechado e tem apenas um funcionário no local. Veja o vídeo e indigne-se.

URGENTE!!! LEITOS DE UTI’s PRONTOS E O GOVERNO NÃO ENTREGA PRA POPULAÇÃO !!!FISCALIZANDO O ANTIGO CERO AQUI NA ZONA LESTE.LOCAL FOI REFORMADO COM A AJUDA DE UM GRUPO DE EMPRESÁRIOS.Recebemos várias denúncias que o CERO (Centro de Reabilitação de Rondônia) já está pronto, mas sem nenhum paciente em atendimento.LAMENTÁVEL!!!

Posted by Leo Moraes on Thursday, June 25, 2020

Deputados governistas e aliados, tentaram justificar, alegando que o Estado não tinha médicos para atuar no CERO, mas, se não existiam médicos para o CERO, porque eles estão disponíveis para trabalhar na Regina Pacis? A compra da maternidade foi feita após uma tentativa fracassada do governo em alugar o hospital Prontocordis, por um período de 3 meses ao custo de mais de R$ 9 milhões.

O CERO, mais a ala do Hospital de Base que está praticamente acabada, mais a locação de uma ala do Hospital do Amor, seriam mais que suficientes para atender a população. A compra do Regina Pacis se mostra cada vez mais desnecessária, e tenham certeza, alguém lucrou, e muito com essa transação.

10 comentários em “Governo de Rondônia escondeu hospital com 52 leitos para justificar compra do Regina Pacis”

  1. misericórdia, esta mais do que claro que na realizada de e intenção é matar a população para receberem mais dinheiro. queremos uma resposta, queremos retorno desse dinheiro, queremos desculpas a famílias que perderam seus entes, pelas suas mãos governo e município.

    Responder
  2. Tenho um áudio de um conhecido que ficou procurando com os amigos o que era bom para baixar febre alta, era pra estar em observação e internado mas infelizmente veio a óbito, espero que Deus ilumine os governantes para fazer o correto.

    Responder
  3. NÃO foi escondido….outro dia passou no SIC news… esse hospital de campanha é aquele que algumas EMPRESAS se juntaram ao governo e fizeram. Foi colocado muito dinheiro particular ali. E outra. Ele foi montado DEPOIS da Compra do Regina Pacis.

    Responder
  4. Mais o Cero é um hospital de grande ajuda nas especialidades de acidentados.Ao contrário do que diz a matéria, ele não se encontra fechado com apenas 1 funcionário,talvez agora por causa da pandemia,pois eu já usuflui dos serviços do Cero e digo com precisão,que, há sim profissionais da saúde atuando e muito competentes,Físios, T.Os,Fonos,e muitos outros profissionais que atendem a população com muita competência e respeito

    Responder
  5. Desculpa, mas essa reportagem está bem estranha, não vejo fundamento em tal denúncia e por que só agora??? Gente estamos no meio de Uma pandemia, quanto mais hospitais melhor, o de Cacoal está a 03 dias com os seus leitos 100% ocupado, para de briguinhas política e vamos ver em que podemos ajudar agora, nosso povo está em perigo, Deus conceda sabedoria, honestidade e amor pra conduzir nossa gente!!!

    Responder
  6. Escondeu um hospital???
    Então era isso que tava dentro daquela caixa debaixo da cama??!!! 😂😂😂
    Vão caçar o que fazer bando de desocupado!!! Kkkkkk

    Responder

Deixe um comentário