fbpx

Governo Marcos Rocha continua sem liderança na Assembleia com saída de Eyder

Envie para seus amigos

Marcos Rocha (PSL) continua sem liderança na Assembleia Legislativa após a saída de Eyder Brasil, que rompeu com o governo por conta da falta de apoio a sua candidatura à prefeitura de Porto Velho.

Com isso, Eyder também deixou de receber uma gratificação de pouco mais de R$ 8 mil, paga aos deputados que assumem liderança. No regimento da Casa, não são pagos valores pelas atribuições ao Presidente, Primeiro Secretário e Líder. Os presidentes de comissões também recebem. Eyder Brasil ficou fora das comissões por receber pela liderança.

Atualmente o vice-líder do governo, deputado Jair Montes é presidente da Comissão de Habitação e para assumir a liderança ele teria que abrir mão da função.

A demora do governo em definir uma liderança na Casa é um indicativo da dificuldade em alinhar com o legislativo. Apesar de ser vice-líder, Montes não tem autonomia da liderança, que ainda precisa ser definida.

O deputado Eyder Brasil é candidato à prefeito em Porto Velho pelo PSL, legenda que também elegeu Marcos Rocha, mas o governador é alinhado com o Planalto, e assim como o presidente, deve migrar para uma nova legenda, tão logo Bolsonaro decida por uma.

Deixe um comentário