fbpx

Grávida é agredida pelo marido em Jaru após descobrir mensagens amorosas no telefone dele enviadas por ‘esposa de político conhecido’

Uma ocorrência policial de violência doméstica registrada no município de Jaru (280 km de Porto Velho) vem deixando a cidade em polvorosa. No último domingo, a Polícia Militar foi chamada para atender uma situação envolvendo uma mulher grávida. Pelo telefone, a mulher teria pedido socorro, pois estava sendo agredida por seu marido. A ligação foi interrompida antes que ela pudesse dar o endereço completo.

A Central de Operações retornou a chamada, mas ela era recusada. Por volta das 4 da manhã, eles receberam um novo telefonema, e a mulher conseguiu passar o endereço. Segundo ela, quando a polícia ligava, o marido impedia que ela atendesse, mas após agredi-la, ele saiu de casa. Como estava com fortes dores, quando conseguiu levantar, ela ligou novamente.

Assim que a guarnição retornou ao local correto, a vítima relatou que teria encontrado no celular do seu esposo várias mensagens amorosas, comprovando um caso com a esposa de um “político muito conhecido”.

A vítima disse que iria expor o caso deles, vindo a ser agredida com vários socos, tapas, chutes, foi jogado ao solo, enforcada e teve a barriga chutada, onde começou a sentir fortes dores.

A guarnição viu que a vítima estava bastante lesionada e ainda nervosa e pediu para que a central de operações acionasse os bombeiros para que recebesse atendimento médico. O Corpo de Bombeiros então compareceu ao local e encaminhou até o Hospital Municipal. O agressor não foi localizado. A vitima ficou hospitalizada e pediu medida protetiva pois teme por sua vida e de seu filho.

O caso vem deixando a cidade de Jaru em polvorosa, com todos querendo saber mais detalhes sobre quem são os envolvidos no episódio. Na cidade, tem até uma bolsa de apostas com nomes que vão de vereadores a deputados.

As informações são do Jaru On Line

Deixe um comentário

Total
7
Share