Greve no transporte público entra no 5° dia em Porto Velho

Envie para seus amigos

Mesmo com decisão da justiça determinando que 90% dos serviços de transporte sejam restabelecidos, o sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus em Porto Velho (Sitetuperon) mantém a paralisação e fecham o 5° dia em greve.

Os trabalhadores reclamam que a empresa não pagou a segunda parcela do 13°, nem o salário de janeiro, o que vem acarretando uma série de problemas. E eles não estão errados. O transporte público em Porto Velho é um monopólio que presta serviços de péssima qualidade para a população.

O processo licitatório, todo atravessado, conseguiu piorar o que já era ruim. E a atual administração municipal já mostrou que transporte não é seu forte. Se até crianças ficaram fora da sala de aula, imagine o restante.

*a foto é de Diêgo Holanda, do G1

Deixe um comentário