Close

Homem que matou adolescente de 17 anos em motel é condenado a 18 anos por feminicídio em RO

Maick Delgado Leite, acusado de matar a ex-namorada em uma suíte de um motel, em Porto Velho, foi condenado a 18 anos de reclusão pelo crime de feminicídio. Victoria Gandes tinha 17 anos quando foi assassinada.

“Em razão do crime cometido pelo acusado, os familiares da vítima tiveram de lidar com sua perda prematura aos 17 anos de idade”, destaca a decisão.

O julgamento aconteceu na quarta-feira (1º) no Tribunal do Júri da comarca de Porto Velho. O réu, que aguardou a decisão preso em Manaus (AM), participou da sessão por videoconferência. 

Testemunhas do caso confirmaram que os dois viveram por um tempo em união estável e que a adolescente sofria perseguições, ameaças e agressões por parte do ex-companheiro. 

O crime aconteceu dia 21 de dezembro de 2018 em um motel do bairro Cascalheira, na capital rondoniense. Em uma das suítes do local, Maick disparou quatro tiros contra Victoria, inconformado com o término do relacionamento. 

De acordo com informações do dono local à polícia, as câmeras de segurança mostraram que ele fugiu do quarto e pulou o muro do motel depois do crime. 

Na época, a Polícia Civil divulgou as imagens das câmeras de segurança do motel, que mostram desde a chegada de Victória e Mayke ao local, até o momento em que ele foge pulando o muro.

De acordo com os sete jurados que participaram do julgamento, o réu “agiu em razão do sexo feminino da vítima, envolvendo violência doméstica e familiar contra a mulher, e mediante recurso que dificultou a defesa da jovem”. 

LEIA+
Sempre pode piorar; Governo bolsonarista de Marcos Rocha libera garimpo em rios de Rondônia

Maick deve recorrer da decisão preso em Manaus e também foi condenado a pagar os custos do processo.

Via G1

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
0
Share
scroll to top