Close

“Ibope precisa aprender a fazer pesquisa em RO ou parar de fazer”, disse Hildon Chaves sobre instituto

O tempo é o senhor da razão ou as voltas que o mundo dá. Nas eleições de 2016, quando foi para o segundo turno, um então indignado candidato a prefeito Hildon Chaves, ao lado de seu distraído vice-prefeito Edgar do Boi, concedeu entrevista tecendo pesadas críticas ao Ibope, que havia errado a previsão lhe colocando em quarto lugar naquele pleito.

Hildon, pego de surpresa, afirmou que “o Ibope precisa aprender a fazer pesquisa em Rondônia, ou parar de fazer pesquisa, porque errar por 4 ou 5 por cento, tá dentro, agora errar por 18, pelo amor de Deus”. Veja o vídeo:

O Ibope naquele ano chegou a divulgar vários cenários de segundo turno e em nenhum colocou Hildon. O Instituto errou a mão feio em 2016.

Agora em 2020, Hildon que aparece liderando, é só elogios ao Ibope. Na última sondagem divulgada, realizada entre os dias 26 e 28 de outubro, por telefone, o Ibope colocou:

Hildon Chaves, 30%;

Vinícius Miguel, 16%;

Cristiane Lopes, 10%

Dr Breno Mendes, Lindomar Garçon e Pimentel têm 6%, cada;

Coronel Ronaldo Flores tem 5%; Ramon Cujui, 2%;

Sargento Eyder Brasil, 1%; Leonel Bertolin, 1%; Samuel Costa, 1%;

Pimenta de Rondônia, Edvaldo Soares e Geneci Gonçalves tiveram menos de 1%.

Mas na rejeição, Hildon está em segundo lugar, perdendo apenas para Lindomar Garçon. Veja os números:

  • Lindomar Garçon (Republicanos): 44%
  • Hildon Chaves (PSDB): 27%
  • Pimentel (MDB): 26%
  • Pimenta de Rondônia (PSOL): 21%
  • Cristiane Lopes (PP): 18%
  • Sargento Eyder Brasil (PSL): 17%
  • Dr. Breno Mendes (Avante): 13%
  • Ramon Cujuí (PT): 13%
  • Coronel Ronaldo Flores (Solidariedade): 10%
  • Ted Wilson (PRTB): 10%
  • Samuel Costa (PC do B): 9%
  • Vinícius Miguel (Cidadania): 9%
  • Edvaldo Soares (PSC): 8%
  • Geneci Gonçalves (PSTU): 8%
  • Leonel Bertolin (PTB): 7%
  • Poderiam votar em todos: 2%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 7%

Os entrevistados podiam apontar mais de uma resposta, por isso a soma dos fatores apontados é de mais de 100%.

Sobre a pesquisa

  • A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica
  • Margem de erro: 4 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 504 eleitores da cidade de Porto Velho
  • Quando a pesquisa foi feita: 26 a 28 de outubro
  • Número de identificação na Justiça Eleitoral: RO-04876/2020.

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
0
Share
scroll to top