Close

Justiça Eleitoral determina que PDT entregue seu livro ata e pode atrapalhar candidatura de Vinicius Miguel

O Juiz Sergio Willian, da 6ª Zona Eleitoral de Porto Velho, determinou que o PDT, partido que integra a coligação “Porto Velho em Boas Mãos“, juntamente com a REDE e CIDADANIA, que lançou Vinicius Miguel como candidato a prefeito, entregue à justiça eleitoral seu livro ata, no prazo de vinte e quatro horas.

Isso porque a coligação de Vinicius está sendo acusada pela Coligação do candidato Breno Mendes, de ter fraudado uma ata visando o ingresso do PDT em sua coligação, visando conseguir mais tempo de televisão e rádio, além de um valor maior de recurso público.

O fato veio à tona após o próprio presidente do PDT, Rui Mota, denunciar AQUI NO BLOG que a ata de convenção de seu partido tinha sido falsificada visando beneficiar o candidato a prefeito Vinicius Miguel.

O caso ainda está em tramite perante a justiça eleitoral, que analisará a ocorrência ou não da fraude anunciada, mas a determinação para que o PDT apresente seu livro ata preocupa a coordenação de campanha do prefeitável Miguel, segundo informações obtidas de integrantes da própria coligação, que não quiseram se identificar.

O Tribunal Regional Eleitoral ainda não julgou o registro de candidatura de Vinicius Miguel.

LEIA+
Este homem está sendo procurado pelo assassinato de ex-vereador em Vilhena (RO)

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
4
Share
scroll to top