Close

Marcos Rogério diz que ‘Rolex é culpa do PT’ e reaparece na CPI sem o relógio

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) divulgou um vídeo onde culpa o Partido dos Trabalhadores pelo fato dele estar sendo acusado de ter recebido um Rolex de presente do empresário Danilo Trento, diretor da Precisa Medicamentos, sócio da empresa Primarcial Holding e Participações, com sede em São Paulo e no mesmo endereço da empresa Primares Holding e Participações, cujo sócio é Francisco Maximiano. Todos estão sendo investigados pela CPI da Pandemia.

E foi durante o depoimento de Danilo Trento, que o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) levantou uma compra suspeita feita por Trento, no caso um relógio Rolex, no valor de R$ 78 mil.

À Comissão, Danilo Trento confirmou a compra, mas afirmou que era um presente. Para os parlamentares, a compra em nome da empresa configura lavagem dinheiro. A partir daí, os internautas aproveitaram a deixa e lembraram que o senador Marcos Rogério (DEM-RO) possui um relógio igual e brincaram: “Pra quem seria o presente?”.

O assunto viralizou, e o senador resolveu se manifestar, e sem provas, acusou o PT de ‘espalhar a estória’.

Nesta terça-feira, 28, o senador reapareceu na CPI, durante o depoimento da advogada de médicos da Prevent Senior, Bruna Morato.

E o senador estava sem o relógio…

Marcos Rogério sem Rolex…
LEIA+
Distribuição de absorventes a mulheres em vulnerabilidade é arquivado por deputado bolsonarista, em RO

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
2
Share
scroll to top