Nomeado interinamente para presidir SML diz “enfrentar interesses escusos” na licitação do transporte

Envie para seus amigos

Thiago dos Santos Tezzari, presidente da Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho, foi denunciado ao Ministério Público do Estado, junto com a empresa JTP Transportes, por suposto favorecimento em um processo licitatório, já que a empresa havia sido desclassificada anteriormente em pelo menos duas vezes.

A participação de Thiago se deve ao fato dele ter sido nomeado, interinamente, como Superintendente Municipal de licitações, e foi a partir dessa nomeação que a empresa foi classificada. A superintendente (efetiva), Patrícia Damico do Nascimento Cruz, teria se afastado das funções para tratamento oftalmológico. Ela havia desclassificado a empresa JTP.

Após a publicação da denúncia pelo BLOG DO PAINEL, que foi protocolada no Ministério Público, Thiago encaminhou nota onde afirma, “estamos enfrentando interesses escusos daqueles que não disputaram o certame licitatório, deixando apenas uma empresa como participante, mas que pretendem tumultuar o processo de concessão e dificultar a mudança do cenário caótico do transporte público municipal”. A íntegra da nota abaixo:

O que Thiago esqueceu foi de dar nome aos bois…

Deixe um comentário