Close

Notas aleatórias de 6ª feira: em defesa de Everton Leoni

Abrindo

Everton Leoni foi quem primeiro me contratou para trabalhar na televisão. Na época, lá no início dos anos 90, eu era redator do programa Rede Rondovisão de Notícias, da Clube Cidade pela manhã e a tarde eu era repórter da TV Candelária (agora SIC TV). Everton e seu irmão, Elton, sempre trabalharam muito. Foi onde também conheci Sérgio Pires, à época, diretor comercial da emissora. Fiquei pouco tempo, creio que dois ou três meses, passei a trabalhar apenas no Grupo Rondovisão, TV Allamanda. Tô fazendo esse retrospecto para mostrar que conheço bem os grupos de mídia de Rondônia. Nessa época, a Candelária funcionava na Duque de Caxias, próximo a 17 Brigada.

Pura maldade

Nos últimos tempos, Leoni vem sendo alvo de notícias falsas, com vídeos produzidos sabe-se lá por quem, colocando-o como corrupto, ou envolvido em falcatruas quando foi deputado estadual. Pura maldade, sacanagem mesmo. Everton desistiu de se candidatar a reeleição quando viu que seu nome estava sendo jogado na lama em função da roubalheira que estava implantada no legislativo rondoniense naquele período. Ele havia sido condenado em primeira instância, mas foi absolvido por unanimidade pelo Tribunal de Justiça em um julgamento ocorrido ano passado, que por conta de recursos de vários réus, se arrastou por 14 anos. As redes sociais viraram ninho de fake news, por isso defendo o controle absoluto delas. Esses grupos precisam respeitar à legislação brasileira e não apenas ‘concordar com os termos de uso’, mas isso é assunto para um debate mais aprofundado.

LEIA+
Marcos Rocha diz que quer 'perdoar dívida da Energisa' para ajudar a salvar vidas; veja vídeo

Linchamento

O que temos visto nos últimos tempos são fábricas de linchamentos gratuitos, pura maldade. Não tenho procuração para defender Leoni, mas há que se reconhecer que atualmente ele emprega mais de 300 pessoas em todo o Estado através de sua rede de emissoras; deixou a vida pública há quase duas décadas e tem papel social relevante na sociedade rondoniense. Que ele consiga identificar e processar os responsáveis por esses crimes e que sirva de exemplo. Criticar é importante, discordar amplia o debate, mas difamar e caluniar pelo mero prazer, é criminoso e doentio.

Quarentena total

Que o governador Marcos Rocha já era alvo de críticas por não sair do palácio para atuar no Estado, não é nenhuma novidade, mas o homem agora sumiu geral. Pior, com ele sumiu boa parte do secretariado. Rondônia está no automático desde 2019.

Lembram dos kits rápidos?

Pois é. A empresa Buyer Br está sendo processada também no Ceará, e a confusão envolve ainda o Estado de Rondônia. Quem dá os detalhes do caso é o Rondônia Dinâmica, que explica como foi a treta.

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

1 Comment

  1. Brincadeira, ainda, existe, gente que deveria, está, num paredão, falar, coisas, de uma pessoa que vivi pra o bem star , com informações e ajudando aos mais necessitados. Só sabe, dessas, coisas, quem trabalhou com o Everton.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comment
Total
34
Share
scroll to top