Close

Ordem de prisão contra comerciante que matou eletricista cita “medo dos funcionários da Energiza”; veja documento

O juiz Franklin Vieira dos Santos, que concedeu o mandado de prisão contra Evandilson Veloso de Oliveira, autor do assassinato do eletricista Gerson Francisco Nunes, na manhã da última sexta-feira em Porto Velho, relatou no documento que os demais funcionários da empresa Energisa estão “aterrorizados e com medo de darem continuidade nos serviços prestados pela empresa”.

Essa foi uma das justificativas do magistrado para conceder o pedido de prisão que havia sido feito pelo Ministério Público e pela polícia. O juiz destacou ainda o passado conturbado do acusado, e que sua prisão é necessária para garantia da ordem pública:

O crime ocorreu em via pública desta Capital, em plena luz do dia e a vítima teve sua vida ceifada enquanto trabalhava. O crime foi cometido com indícios de crueldade, sem que a vítima tenha tido tempo de defender-se. Não bastasse isso, da análise dos antecedentes criminais do representado, verifico histórico suficiente de violência, possuindo condenações desde crimes de violência doméstica a crimes como roubo majorado e até por crime de homicídio qualificado, assim como o crime em questão.

Juiz FRANKLIN VIEIRA DOS SANTOS

Evandilson está sendo procurado pela polícia. Ele havia se apresentado na delegacia onde prestou depoimento e foi liberado porque até então não havia mandado de prisão contra ele.

LEIA+
Energisa, OI e Claro lideram reclamações no Procon/RO

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
5
Share
scroll to top