Presa, Glaucione desiste de concorrer à reeleição em Cacoal

Envie para seus amigos

A prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues que está em prisão preventiva desde o dia 28 de setembro deste ano, desistiu na última quarta-feira, 14, de concorrer à reeleição. A decisão foi tomada no mesmo dia que o desembargador Roosevelt Queiroz, relator do processo da Operação Reciclagem, manteve os cinco acusados presos no Centro de Correição da Polícia Militar, negando a prisão domiciliar.

O pedido de desistência da prefeita estava pronto desde o dia 9, mas ela aguardava a decisão de seu pedido para cumprir prisão domiciliar.

Deixe um comentário