Close

Saúde de ex-Procurador Héverton Aguiar estabiliza, mas pulmões e rins estão comprometidos

O ex-Procurador Geral do Estado, Héverton Aguiar, internado no Hospital Albert Einstein em São Paulo, apresentou uma leve melhora em seu estado de saúde, mas o quadro ainda é considerado gravíssimo.

Aguiar foi transferido para a capital paulista no dia 7, após ser internado em Porto Velho com Covid-19 no sábado, 5. Durante esta semana, seu estado piorou, e ele teve que ser ligado a uma máquina de diálise devido a problemas renais provocados pela doença.

Na última terça-feira, 15 a diálise foi suspensa, mas ele apresentou febre, e os médicos reiniciaram o uso de antibióticos. Ele está com 80% da capacidade pulmonar comprometida. Seus pulmões não apresentaram melhoras, mas também não pioraram.

Nas últimas horas, ele apresentou uma pequena piora na oxigenação, mas segundo os médicos, a oscilação faz parte do quadro.

Ele segue com um quadro considerado grave, mas estável, que é um bom indicativo.

A transferência do promotor de Justiça só foi possível graças a doações que estão sendo feitas por amigos. E quem puder ajudar, segue os dados da conta:

As doações podem ser feitas na conta da Associação do Ministério Público de Rondônia, no banco:

SICOOB – 756

AGÊNCIA – 3306

CONTA CORRENTE – 60.885-8

CNPJ – 04.564.522/0001-77

Héverton Aguiar foi procurador geral do MP-RO por dois mandatos seguidos até 2015.

LEIA+
Alô Ministério Público e polícia, tem secretário do Marcos Rocha comprando gado com dinheiro vivo

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
1
Share
scroll to top