TRE julga improcedente duas representações conta Jair Montes, que vai acumulando vitórias

Envie para seus amigos

Na última quinta-feira o Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE) julgou improcedente duas representações eleitorais contra o deputado estadual Jair Montes (Avante). As acusações eram tão pálidas, movidas pelo suplente de Montes, que o relator do processo, desembargador Alexandre Migue não visualizou nenhuma configuração de fraude na prestação de contas do candidato.

A situação era tão bizarra quanto ínfima. O suposto valor que teria sido “fraudado”, somava R$ 300. Era referente a um carro que havia sido plotado na campanha. Era um valor estimado e toda a documentação, incluindo o testemunho da filha da dona do carro, derrubou totalmente os argumentos da acusação.

O carro plotado estava em nome de Maria Batista, mãe de Elza Batista. Maria havia falecido e Elza nunca havia se preocupado em transferir o veículo para seu nome. Mas essa situação foi amplificada pelo suplente, que pediu a impugnação do registro de candidatura e a cassação do mandato de Montes.

Nelson Canedo, que representou Jair Montes no julgamento, em sustenção oral, argumentou que o candidato não tinha conhecimento da situação específica, afinal tratava-se de uma questão contábil, que foi comprovado não ter havido má-fé, tampouco foi aferida qualquer vantagem ao então candidato. Afinal, não seria apenas por um carro plotado que ele seria eleito.

“O veículo estava na posse de Elza e ala tinha procuração para assinar o documento em nome da mãe. Ela (Elza) não tinha conhecimento que era errado e disse ainda que ninguém a obrigou a assinar em nome da mãe dela. A coordenação de campanha e o Jair não orientaram a assinar o documento e o equívoco foi corrigido e não foi levado para debaixo do tapete”, justificou Canedo.

Mais vitórias

Jair Montes vem conseguindo se livrar de várias acusações que foram feitas contra ele ao longo das vida pública. Evangélico, ele acredita que é graças a sua fé, e um trabalho sério que ele vem conseguindo superar as adversidades, “eu tenho muita fé em Deus, tenho uma família que me apóia e é quem me fortalece para que eu possa enfrentar essas barreiras que são colocadas diante de mim. São provações, mas minha crença em Deus é maior que qualquer desafio”, disse o deputado ao BLOG nesta sexta-feira.

Montes disse ainda que quase teve sua vida destruída, mas com fé e responsabilidade, conseguiu dar a volta e se reerguer, “Deus sabe todos os percalços, calúnias, inveja e ódio que eu enfrentei e enfrento”, completou.

Deixe um comentário