Close

TRE mantém deferimento da candidatura de Carla Redano

O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia apreciou na última segunda-feira, 9, o recurso proposto contra a decisão da Juíza Elizangela Nogueira, da 10ª Zona Eleitoral de Ariquemes/RO, que havia julgado improcedente a ação que visava impugnar o registro de candidatura da candidata a prefeita Carla Redano.

Na decisão o Tribunal manteve a sentença da Juíza Elizangela, a unanimidade de votos, ao fundamento de que houve um patente erro no protocolo da impugnação, pois ao invés de ser impugnado o Demonstrativo de Registro de Atos Partidários – DRAP do partido Patriota, a ação foi proposta noutro processo, o de registro individual de candidatura de Carla.

Segundo o Tribunal, no processo de registro individual somente pode ser debatido a aptidão do candidato e o atendimento às condições de elegibilidade e de eventual causa de inelegibilidade, e não falha ou vicio ocorrido em sede de convenção partidária.

Procurado pela reportagem, o advogado de Carla Redano, Nelson Canedo, disse que a impugnação com base em atos praticados em convenção partidária não pode ser realizado no processo de registro individual, sendo esse um posicionamento pacifico perante o TSE há décadas.

LEIA+
Maurão de Carvalho completa 56 anos e garante, "candidatura só a governo"

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
36
Share
scroll to top