Close

Usar Regina Pacis como hospital para pacientes com Covid-19 coloca toda vizinhança em risco

Estudo encontrou coronavírus no ar em ruas perto de hospitais

Um estudo publicado na revista Nature, no dia 27 de abril deste ano detectou o coronavírus no ar em ambientes abertos e fechados perto de hospitais de tratamento exclusivo para a Covid-19. Feito por cientistas chineses em Wuhan, primeiro epicentro da doença no mundo.

+ de 3,7 mil ouvintes. Confira nosso podcast

As partículas em suspensão foram encontradas nas ruas e nos prédios vizinhos a dois hospitais de tratamento específico de coronavírus. Foram coletadas 40 amostras de 31 lugares. Os pesquisadores ainda não sabem qual é o potencial de infecção dos vírus em suspensão e lembram que o número de amostras é pequeno, mas reafirmam a necessidade do isolamento social, boa ventilação e desinfecção cuidadosa de ambientes.

Já fora do hospital, o coronavírus em suspensão (em concentração menor) foi encontrado nas imediações de prédios residenciais e supermercados que ficam perto do local de atendimento.

Mas, os técnicos da secretaria de Saúde de Rondônia, e o próprio secretário Fernando Máximo, além dos procuradores que aprovaram a compra não levaram em conta essa questão, que foi amplamente divulgada na ocasião, conforme pode ser visto nos links abaixo:

Revista Istoé Covid-19: estudo identifica vírus em imóveis e locais perto de hospitais

Jornal O GloboCientistas detectam coronavírus no ar em ruas e imóveis próximos a hospitais

Correio BrazilienseEstudo mostra que coronavírus pode ser encontrado no ar

A maternidade Regina Pacis tem em seu entorno residências, clínicas de atendimento a gestantes e comércios. E não tem estacionamento.

LEIA+
Chacina que matou 5 em Vilhena completa 15 dias e nenhum suspeito foi preso

Jornalista, consultor em comunicação e gestão de crise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Comments
Total
10
Share
scroll to top