fbpx

Usar Regina Pacis como hospital para pacientes com Covid-19 coloca toda vizinhança em risco

Envie para seus amigos

Estudo encontrou coronavírus no ar em ruas perto de hospitais

Um estudo publicado na revista Nature, no dia 27 de abril deste ano detectou o coronavírus no ar em ambientes abertos e fechados perto de hospitais de tratamento exclusivo para a Covid-19. Feito por cientistas chineses em Wuhan, primeiro epicentro da doença no mundo.

+ de 3,7 mil ouvintes. Confira nosso podcast

As partículas em suspensão foram encontradas nas ruas e nos prédios vizinhos a dois hospitais de tratamento específico de coronavírus. Foram coletadas 40 amostras de 31 lugares. Os pesquisadores ainda não sabem qual é o potencial de infecção dos vírus em suspensão e lembram que o número de amostras é pequeno, mas reafirmam a necessidade do isolamento social, boa ventilação e desinfecção cuidadosa de ambientes.

Já fora do hospital, o coronavírus em suspensão (em concentração menor) foi encontrado nas imediações de prédios residenciais e supermercados que ficam perto do local de atendimento.

Mas, os técnicos da secretaria de Saúde de Rondônia, e o próprio secretário Fernando Máximo, além dos procuradores que aprovaram a compra não levaram em conta essa questão, que foi amplamente divulgada na ocasião, conforme pode ser visto nos links abaixo:

Revista Istoé Covid-19: estudo identifica vírus em imóveis e locais perto de hospitais

Jornal O GloboCientistas detectam coronavírus no ar em ruas e imóveis próximos a hospitais

Correio BrazilienseEstudo mostra que coronavírus pode ser encontrado no ar

A maternidade Regina Pacis tem em seu entorno residências, clínicas de atendimento a gestantes e comércios. E não tem estacionamento.

Deixe um comentário